acreditei na coisa certa, no lugar errado

não se impeçameu pensamento sobre o amor – o Bem eterno que une perfeitamente todos os seres e os faz evoluir -, ao longo dos anos, habitou diferentes lugares em mim: uns bons e férteis, mas vários duros e violentos, secos e estéreis, herdados desse jeito; que pra mim não cabia, não servia, não me queria; o temia. Cansada, não sei se digo de lutas contra mim ou de ter preguiça de viver… às vezes parece que é isso, preguiça de viver, misturada com uma incerta tristeza, um incerto pra quê? Não. Não posso deixar que estes lugares me prendam. Mas preciso conhecer estes lugares, achar-lhes a saída, ou criá-la, transformando-os para libertar o meu amor…

mandaram-me avisar que eu tenho que largar de (des)graça e cumprir a ordem: Viva o amor, pois viver o amor faz reverberar o bem a todas as pessoas com quem a pessoa que ama e é amada se encontra, pessoas que o vivem ou o buscam ou o recusam ou o questionam, multiplicam os milagres que ele causa. Portanto, não há por que para Deus e para a Vida não querer que alguém deixe de viver o Amor, pois sem ele, nem a Vida, nem Deus se manifestam… Cumpra esta ordem!

eu quero este bem? quero este querer? aparecem sentimentos adversos, sem nome, sem rosto, sinto-lhes um não. Mas logo percebo: são como o medo, meros fantasmas, ou sombras das minhas dúvidas ou más lembranças. Afastá-las é afastá-los.

então, é só mudar o pensamento de lugar, um lugar de luz, espaço, ar fresco, onde se possa circular gente, bichos, plantas. é só enfeitá-lo, dar-lhe ao uso das pessoas que por ali convivam, amem-se e eu com eles, termino por fazer as histórias de amor que desejo, não impedindo o ir e vir e cultivando o permanecer nestas impermanências do viver.

é só mudar o pensamento de lugar pois nenhuma desgraça, falha minha, maldição ou colheita, me impedem de viver o amor que eu desejo e é bom que as pessoas recebam e lhe correspondam. O amor vivido por meio dos relacionamentos, enriquece qualquer escolha de vida. Não vivi bem todos os amores que sonhei porque me enganei. E como Deus é bom e misericordioso, enquanto me orientava a abrir meus olhos e o meu coração, ele criou histórias, feitos e propósitos; no meio desses descaminhos, fez caminhos e fez tudo tão perfeito – como só Ele sabe fazer – que até parece que a minha vida nasceu pra ser assim, esse querer-sem-viver e viver-sem-querer.

mude o pensamento, cumpra a ordem, mulher: faça amigos, faça famílias, deixe o seu homem a amar e o ame. Tenha filhos, enriqueça, trabalhe com o que ama, plante, colha, construa…. e diz meu mentor:

“Nada impede você, seus caminhos estão abertos, então… caminhe. É você que se impede. Esqueça o que ficou pra trás, os fatos, erros, frutos ruins e sentenças – não os reanime. Não se impeça. Trabalhe, siga construindo, plantando. Seja humilde e colha no tempo certo, receba o que a vida está lhe confiando agora. Não se impeça.”

e diz meu amigo: “Eles amam você e em breve vão lhe revelar, mas seja forte e boa para si mesma, só assim se dará a este encontro. Acredite e receba, eles são seus e você é deles.”

naõ se impeça II

Anúncios
Nota | Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s